F

Últimas notícias

'Clássicos na Magnólia' com oferta ambiciosa em 2021


A apresentação decorreu ontem no jardim da Quinta Magnólia
(créditos: Paulo Camacho)

A 2.ª edição dos 'Clássicos na Magnólia' foi apresentada esta quarta-feira, dia 22, na Quinta Magnólia, no Funchal, onde vai decorrer nos dias 31 de julho e 1 de agosto, com o tema 'Rallye – Volta à Madeira'. Em exposição, no evento organizado pela Secretaria Regional de Turismo e Cultura, vão estar cerca de automóveis clássicos e 20 motas. A curadoria é da responsabilidade do escultor Martim Velosa.



Na apresentação da segunda edição, o secretário regional de Turismo e Cultura começou por realçar que no evento se evoca “os sobreviventes da primeira volta à ilha na Madeira realizada em 1959”. Por outro lado, Eduardo Jesus complementa que além dessa evocação das primeiras voltas à ilha, “vamos também nos associar à celebração dos 60 anos daquele que foi considerado o carro com melhor design do século passado, que é o Jaguar E-Type e que a Madeira, felizmente, dispõe de uma série de exemplares. São sete os que existem na Madeira e seis irão estar em exposição”.

O governante revelou igualmente que o evento de 2021 se associou ainda às celebrações dos 75 anos da mítica Vespa italiana, que também estará representada na exposição, e aos aniversários dos 50 anos do Fiat 127 e ainda dos 60 anos do Renault 4L.

De referir que nos 'Clássicos na Magnólia' estará exposta a coleção automóveis clássicos da Região Autónoma da Madeira, cuja preservação e recuperação dos carros são feitas nas oficinas da empresa Horários do Funchal, onde estão parqueados.

Por este conjunto de razões, Eduardo Jesus referiu que a Quinta Magnólia é o ambiente perfeito para a exposição devido à “atmosfera que se vive, mas também a um conjunto de outras particularidades que se quis emprestar a este evento. O que se pretende é que sejam dois dias bem passados”.

Além do mais, o secretário regional de Turismo e Cultura frisou o facto de esta ser uma forma de homenagear as pessoas que se dedicam à preservação dos clássicos e que transformam este património numa mensagem turística. “É por isso que a Associação de Promoção da Madeira está envolvida. Este é um bom conteúdo no que diz respeito à promoção do destino. São milhares e milhares as pessoas que viajam com esta agenda de proximidade aos eventos dos clássicos. São variadíssimos os eventos que acontecem pelo mundo fora, tanto na Europa, como nos Estados Unidos da América e mesmo na Ásia, que são molas impulsionadoras de viagens. E nós também queremos que, com o tempo, este seja um evento que possa ganhar esse espaço na sua agenda e que possa ser promovido e utilizado como elemento de qualificação do nosso destino”, referiu Eduardo Jesus. 

Uma nota final para dizer que os veículos clássicos podem ser vistos das 10 às 22 horas no sábado (dia 31 de julho), e das 10 às 20 horas no domingo (1 de agosto).




Sem comentários