F

Últimos posts

1929, Peugeot 190 S, MA-15-31


O Peugeot 190 S foi comprado na Madeira por Herberto Mendes, em 2020 (com registo de 29-01-2021), a um conhecido colecionador que, por razões de saúde, vendeu a sua coleção de automóveis.
A primeira matrícula, francesa, teve a data de 1 de janeiro de 1930. A portuguesa surgiu a 27 de maio de 2002.
Tinha sido adquirido em França e registado com a matrícula nacional. 
O novo proprietário interessou-se por este carro, por ter caraterísticas peculiares: carroçaria em estrutura de madeira e revestida a lona, pedal do acelerador a meio, caixa de velocidades em linha, para além de apresentar uma aparência muito em linha dos anos 20 do século passado.
O anterior proprietário tinha iniciado o restauro, mas não o concluiu.
Assim, quando o adquiriu, começou, desde logo, a pô-lo operacional.
Em primeiro lugar, toda a parte mecânica. De seguida, a parte elétrica foi toda revista. E, por fim, entrou o bate-chapa e pintor (isto na pouca chapa que possui).
Manteve os interiores e a lona original, o que lhe dá uma espécie de patine.
Não necessitou de procurar muito por peças, porque esse trabalho tinha sido feito pelo anterior proprietário.
O restauro ficou concluído em maio de 2022, mesmo a tempo da participação no "Madeira Classic Car Revival 2022".

O Peugeot Tipo 190 foi lançado no final de 1928 e vendido em conjunto com o modelo leve Peugeot 5CV, que era baseado no Quadrilette, um grande sucesso de mercado da década de 20, e que deveria substituir.
É um veículo pequeno, porém, mais tradicional se comparado com os anteriores.
Foi também fabricado nas versões 'roadster' e conversível.
O modelo 190 era equipado com o mesmo motor de 4 cilindros em linha, de 695 cc, do modelo 5CV, que desenvolvia 14 cavalos de potência e podia levar o carro a uma velocidade máxima de 60 km/h.
Na sua essência, estamos perante um modelo bem sucedido, com mais de 33.000 unidades produzidas. Em 1929 o seu sucessor, o Peugeot 201, foi lançado, sendo que o 190 permaneceu em produção até 1931.
O 190 foi um dos últimos modelos da Peugeot a ser fabricado com uma estrutura de madeira, usando carpinteiros tradicionais.
Foi denominado, dessa forma, por ter sido o projeto de número 190 desenvolvido pela Peugeot. 
Na época, no entanto, essa nomenclatura não se difundiu entre os compradores e, mesmo nos catálogos, ele constava como "La 5CV Peugeot" (Peugeot 5CV). Isso tudo mudou quando esse modelo foi substituído.
Os modelos que sucederam o 190 usavam, na sua designação, um conjunto de três dígitos com um zero no meio, começando com o 201, abandonando a sequência numérica dos projetos.
O tamanho dos modelos passou a estar relacionado com o primeiro dígito: carros da classe 20x são menores que os da classe 30x, que são menores que os da classe 40x, e carros da mesma classe são substituídos pelo próximo número ordinal no último dígito. Ou seja, o 201 foi substituído pelo Peugeot 202 e assim sucessivamente.

Ficha Técnica

Ano: 1929
Marca: Peugeot
Modelo: 190S
País: França
Matrícula: MA-15-31
Motor: 695 cc, 4 cilindros e 14 cavalos
N.º de portas: 2
N.º de lugares: 4


The Peugeot 190 S was bought in Madeira by Herberto Mendes in 2020 (registered on 29-01-2021) from a well-known collector who, for health reasons, sold his car collection.
The first French registration was dated January 1, 1930. The Portuguese one appeared on May 27, 2002.
It had been purchased in France and registered with the national license plate.
The new owner was interested in this car because of its peculiar characteristics: a wooden frame and canvas-covered bodywork, accelerator pedal in the middle, in-line gearbox, in addition to presenting a very in-line appearance from the 1920s of the past 20th century.
The previous owner had started the restoration but did not complete it.
So, when he acquired it, he immediately started putting it into operation.
First, all the mechanics. Then the electrical part was completely revised. And, finally, came both the plate flattener and painter (this in the few plates it has).
It kept the original interiors and canvas, which gives it a kind of patina.
He didn't have to look far for parts, because that job had been done by the previous owner.
The restoration was completed in May 2022, just in time for the participation in the "Madeira Classic Car Revival 2022".

The Peugeot Tipo 190 was launched at the end of 1928 and sold together with the light model Peugeot 5CV, which was based on the Quadrilette, a great market success of the 1920s, and which it was supposed to replace.
It is a small vehicle, but more traditional compared to the previous ones.
It was also produced in roadster and convertible versions.
The 190 model was equipped with the same 695 cc inline 4-cylinder engine as the 5CV model, which developed 14 horsepower and could take the car to a top speed of 60 km/h.
In essence, this is a successful model, with more than 33,000 units produced. In 1929 its successor, the Peugeot 201, was launched and the 190 remained in production until 1931.
The 190 was one of the last Peugeot models to be produced with a wooden frame, using traditional carpenters.
It was named that way because it was the 190th project developed by Peugeot.
At the time, however, this nomenclature was not widespread among buyers and even in the catalogues, it appeared as "La 5CV Peugeot" (Peugeot 5CV). That all changed when that model was replaced.
The models that followed the 190 used in their designation a set of three digits with a zero in the middle, starting with the 201, abandoning the numerical sequence of the projects.
Model size is now related to the first digit: 20x class cars are smaller than 30x class cars, which are smaller than 40x class cars, and cars of the same class are replaced by the next ordinal number in the last digit. That is, the 201 was replaced by the Peugeot 202 and so on.

Datasheet

Year: 1929
Brand: Peugeot
Model: 190 S
Country: France
License panel: MA-15-31
Engine: 695 cc, 4 cylinders and 14 horsepower
No. of doors: 2
No. of Seats: 4


Sem comentários